O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I. P. é um instituto público, dotado de autonomia administrativa que prossegue atribuições do Ministério dos Negócios Estrangeiros. É uma instituição que visa promover a lígua e cultura portuguesa no mundo. Tem as suas representações em 84 países, onde existem Cátedras em Estudos Portugueses, Centros Culturais Portugueses, e Centros de Língua Portuguesa com Centros de Exame.

O Instituto desenvolve constantemente várias atividades na área de promoção da língua e cultura portuguesas, bem como da divulgação dos conhecimentos sobre Portugal e os países da língua portuguesa. Faz parte da rede EUNIC (European Union National Institutes for Culture) e EFNIL (European Federation of National Institutions for Language), participa em vários projetos internacionais, colaborando com a Embaixada de Portugal em Varsóvia.

 

Alguns dados

Representações do Camões I.P. na Polónia

Atualmente, a rede do Camões I.P. na Polónia é constituída por 8 representações em 6 cidades: Cracóvia, Gdańsk, Lublin, Poznań, Varsóvia e Wrocław.

Universidade de Varsóvia

Representante do Camões I.P.
Dr. José Carlos Dias | jccostadias@camoes.mne.pt

Universidade Maria-Curie Skłodowska em Lublin

Representantes do Camões I.P.
Prof.ª Doutora Barbara Hlibowicka-Węglarz, diretora do CLP | bajaw@hot.pl
Dr. José Carlos Dias, Leitor do Camões I.P. | jccostadias@camoes.mne.pt

Universidade Jaguielónica em Cracóvia

Representante do Camões I.P.
Prof. Doutor Jerzy Brzozowski | jerzy.brzozowski@uj.edu.pl

Universidade Adam Mickiewicz em Poznan

Representante do Camões I.P.
Dra. Grażyna Jadwiszczak | porto@amu.edu.pl

Universidade de Wroclaw

Representante do Camões I.P.
Dr. João de Sousa |

Universidade de Gdańsk

Representante do Camões I.P.:
Justyna Wiśniewska | justyna@poczta.umcs.lublin.pl

Universidade Kozmiński em Varsóvia

Professor de Língua Portuguesa
Dr. Pedro Pignatelli — pedro.sobral.pignatelli@gmail.com

Universidade Jaguielónica em Cracóvia

Cátedra de Estudos Vergílio Ferreira 

 

O ensino da língua portuguesa começou no final dos anos 80, e o apoio do Camões I.P. no início dos anos 90. Em 2008, durante a visita oficial de SExa, o Presidente da República Portuguesa, Dr. Aníbal Cavaco Silva, foi inaugurada a Cátedra de Estudos Vergílio Ferreira.

Neste momento, esta instituição oferece formação onde o português é língua de graduação – cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em estudos portugueses; e língua opcional – cursos opcionais de língua portuguesa (A1 – B2) para todos os estudantes da UJ.

Representante do Camões I.P.
Prof. Doutor Jerzy Brzozowski | jerzy.brzozowski@uj.edu.pl

Universidade de Gdańsk

O ensino da língua portuguesa começou no ano 2002 e o apoio do Camões I.P., de modo sistemático, a partir de outubro de 2020.

Neste momento, a universidade oferece língua curricular – cursos de língua portuguesa para os estudantes dos cursos de licenciatura em filologia ibérica e filologia românica.

Representantes do Camões I.P.:
Justyna Wiśniewska | justyna@poczta.umcs.lublin.pl

Centro de Língua Portuguesa Camões na Universidade Marie-Curie em Lublin

Cátedra de Estudos  Lindley Cintra

O ensino da língua portuguesa começou em 1985, e o apoio do Camões I.P., de modo sistemático, a partir de novembro de 2005, data da abertura do Centro de Língua Portuguesa (CLP).

Em 2020, foi inaugurada a Cátedra de Estudos Lindley Cintra, que é atualmente dirigida pela prof. doutora Barbara Hlibowicka-Węglarz.

Neste momento, esta instituição oferece formação onde o português é língua de graduação – cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em estudos portugueses; língua curricular – cursos de língua portuguesa para os estudantes dos cursos de licenciatura e mestrado em estudos hispânicos; e língua de formação extracurricular, através dos cursos extracurriculares organizados no CLP.

Representantes do Camões I.P.
Prof.ª Doutora Barbara Hlibowicka-Węglarz, diretora do CLP | bajaw@hot.pl
Dr. José Carlos Dias, Leitor do Camões I.P. | jccostadias@camoes.mne.pt

Universidade Adam Mickiewicz em Poznan

 

O ensino da língua portuguesa começou nos anos 60, de modo informal, e o apoio do Camões I.P. (ainda ICAPL) no ano letivo 1990/91.

Neste momento, esta instituição oferece formação onde português é língua de graduação – cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em estudos portugueses; e língua opcional – cursos opcionais de língua portuguesa (A1 – B2) para todos os estudantes da Universidade Adam Mickiewicz em Poznan.

Representante do Camões I.P.
Dra. Grażyna Jadwiszczak | porto@amu.edu.pl

Universidade de Varsóvia

Instituto de Estudos Ibéricos e Ibero-americanos

 

O ensino da língua portuguesa começou em 1977, e o apoio do Camões I.P. no início dos anos 80.

Neste momento, esta instituição oferece formação onde o português é língua de graduação – cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento em estudos portugueses; língua curricular – cursos de língua portuguesa para os estudantes dos cursos de mestrado em estudos hispânicos; e língua opcional – cursos opcionais de língua portuguesa (A1 – B2) para todos os estudantes da Universidade de Varsóvia.

Nesta instituição, decorrem ainda as seguintes iniciativas extracurriculares dirigidas pelo leitor do Camões I.P.:

  • Grupo de teatro português, os Pisca-Pisca
  • Revista Ibérica
  • Cursos de verão

Representante do Camões I.P.
Dr. José Carlos Dias | jccostadias@camoes.mne.pt

Universidade de Wrocław

O ensino da língua portuguesa começou em 1985, e o apoio do Camões I.P., de modo sistemático, a partir de outubro de 2017.

Neste momento, esta instituição oferece língua curricular – cursos de língua portuguesa e cursos de história e cultura de Portugal para os estudantes dos cursos de licenciatura e mestrado em estudos hispânicos, estudos franceses e estudos italianos.

Representante do Camões I.P.
Dr. João de Sousa |

Leitorado de língua portuguesa na Universidade Leon Kozminski em Varsóvia

O leitorado de língua portuguesa começou no ano letivo de 2015/2016. Esta instituição oferece formação onde o português é língua opcional.

Professor de Língua Portuguesa
Dr. Pedro Pignatelli — pedro.sobral.pignatelli@gmail.com

Escola Secundária Ruy Barbosa

Atualmente, esta é a única escola secundária na Polónia onde a língua portuguesa é língua curricular de opção. O português é aqui ensinado desde 1987.

Professora de língua portuguesa
Dra. Grażyna Misiorowska-Rychlewska